5 lanches saudáveis para o coração para levar no trabalho

5 lanches saudáveis para o coração para levar no trabalho

Embora as mortes por doenças do coração tenham caído nos últimos anos, elas ainda são a principal causa de óbitos dos homens e das mulheres americanos.

A boa notícia é que agora nós sabemos, mais que nunca, como prevenir as doenças cardiovasculares, que incluem infartos do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais.

Um a coisa é clara: a sua dieta e estilo de vida (principalmente relacionado aos exercícios físicos) podem fazer uma grande diferença para o seu coração.

Em relação à dieta, fazer escolhas saudáveis é mais importante que nunca. Enquanto que o americano médio come, durante as refeições, aproximadamente a mesma quantidade de calorias que ingeria na década de 70, o número de calorias dos lanches entre as principais refeições aumentou para 580 calorias por dia, que representam cerca de um quarto do total de calorias ingeridas.

Quando você está no trabalho, escolha alimentos saudáveis para o coração, para mantê-lo forte nas próximas décadas.

Maçãs

Um antigo ditado diz o seguinte: “Uma maçã por dia ajuda a manter o médico desocupado”, e isto pode ser verdade, em relação ao seu cardiologista.

Num estudo sobre a saúde das mulheres realizado em Iowa, que tem rastreado mais de 34.000 mulheres por quase 20 anos, as maçãs foram associadas a um menor risco de morte causada por doença coronária e doenças cardiovasculares. Há diversos componentes das maçãs que podem contribuir para os seus benefícios cardioprotetores.

As maçãs contêm pectina, uma fibra solúvel, que parece ajudar a baixar os níveis do colesterol LDL (o mau colesterol). Além disso, as maçãs provêm vários bons antioxidantes, como a quercetina, a epicatecina e a epigalocatecina, que parecem inibir as inflamações e reduzir o estresse oxidativo, que pode levar à aterosclerose e a outros problemas cardiovasculares. As maçãs também contêm uma boa quantidade de vitamina C, outro antioxidante.

Embora todas as maçãs ofereçam nutrientes cardioprotetores, as maçãs vermelhas têm a maior quantidade de antioxidantes.

Pipoca

Não apenas para o cinema, a pipoca é um lanchinho inteligente para o escritório. Este grão integral contém polifenóis, antioxidantes ligados à melhoria da saúde do coração. De fato, uma pesquisa realizada na Universidade de Scranton mostrou que, grama por grama, a pipoca tem três vezes mais polifenóis que os feijões, que são a escolha vegetal com mais polifenóis.

Para melhorar esta escolha ainda mais, não acrescente manteiga nem sal, e evite os saquinhos de pipoca vendidos em supermercados para serem colocados no forno de micro-ondas. De acordo com o FDA (Food ans Drug Administration) dos Estados Unidos, muitos saquinhos de pipoca contêm níveis especialmente altos de ácido perfluoroctanóico, um produto químico que está presente em coisas como panelas, nas quais as comidas não grudam, e embalagens de alimentos, e que tem sido associado a doenças cardiovasculares.

Uma sugestão é estourar a sua própria pipoca, e tempera-la com azeite de oliva, hervas e temperos, como alecrim e pimenta de caiena.

Uvas

Você provavelmente já ouvir alguém dizer que o vinho tinto é bom para o seu coração; as uvas oferecem uma alternativa menos intoxicante para o escritório. A substância cardioprotetora resveratrol, um polifenol encontrado nos vinhos tintos, está também presente nas uvas de todas as cores. Além disso, as uvas frescas contêm outros nutrientes cardioprotetores, que incluem a vitamina C, a vitamina B6, o potássio e os flavonoides.

Juntos, esses nutrientes pode promover uma pressão arterial saudável, reduzir os níveis sanguíneos do colesterol LDL, produzir efeitos anti-inflamatórios e ajudar o seu coração bombear sangue.

Um cacho de uvas contém cerca de 90 calorias, não contém gorduras e não contém colesterol, além de, virtualmente, não conter sódio.

Nozes

Ricas em proteínas, vitaminas, minerais e gorduras saudáveis para o coração, as nozes são uma escolha inteligente de lanche para o escritório. Embora algumas pessoas achem que as nozes devem ser evitadas em virtude do seu alto teor de gorduras, estudos sugerem que as pessoas que comem nozes, como a noz de nogueira, a noz pecam, as amêndoas, as avelãs e os pistaches, duas a quatro vezes por semana, são mais magras e têm uma menor incidência de doenças cardíacas que as pessoas que as comem com menor frequência.

Entretanto, sendo elas mais calóricas, o seu consumo de ser feito com inteligência, sem exageros, especialmente para aquelas pessoas que têm tendência para o excesso de peso. Neste caso, os pistaches que vêm com a casca podem ser uma boa escolha, pois as cascas vazias podem dar a ilusão de uma boa quantidade. Além disso, o verde dos pistaches é originário dos antioxidantes, o que é uma boa coisa.

Iogurte

Você sabia que a saúde das suas gengivas está diretamente ligada a um coração saudável? Pesquisas mostram que os portadores de doenças das gengivas, que afetam até 50% dos americanos adultos, têm o dobro da probabilidade de ter problemas cardíacos. Em virtude da capacidade de prover probióticos (as chamadas boas bactérias), estudos mostram que os iogurtes podem proteger contra doenças das gengivas.

Pesquisadores japoneses analisaram as dietas de quase 1.000 adultos e descobriram que os que consumiam grandes quantidades de iogurtes tinham gengivas mais saudáveis.

Ainda mais, os iogurtes oferecem importantes nutrientes como proteínas e cálcio. Idealmente escolha os iogurtes sem adição de açúcar e que tenham maior teor de proteína. Os iogurtes com frutas vermelhas ricas em fibras, que têm alto teor de antioxidantes, são bons para a sua saúde.

Este artigo foi publicado no site Fox News Health e a autora é Patricia Bannan. Ela é uma dietista certificada de Los Angeles, especializada em comunicações sobre nutrição e saúde. Ela é autora do livro "Eat Right When Time Is Tight: 150 Slim-Down Strategies and No-Cook Food Fixes" (“Coma certo quando o tempo é curto: 150 estratégias emagrecedoras e de lanches sem comidas cozidas”). Visite o seu website em http://www.patriciabannan.com.

Como médico, parece-me que este é um bom artigo, que faz sugestões lógicas e baseadas em pesquisas verdadeiras, e que pode ser útil para a população em geral, além de para algumas pessoas que têm um maior risco de doenças cardiovasculares, como, entre outros, os portadores de hipercolesterolemia familiar.

----

Se você tiver colesterol LDL acima de 210 mg/dl e membros em sua família com infarto em idade inferior a 45 anos, entre em contato com o InCor pelo e-mail hipercolbrasil@incor.usp.br enviando como anexo uma cópia ou foto do seu exame de colesterol junto com um número de contato telefônico. A Equipe do Hipercol Brasil entrará em contato com você!

Continue visitando o nosso site para aprender mais sobre a HF. Leve esta notícia ao seu médico. Espalhe que a HF é tratável, quanto mais cedo diagnosticado melhores são os resultados. A HF é familiar, passa de geração em geração, portanto todos precisam ser diagnosticados.

Seja um Associado